Il co-fondatore del Crypto Index Fund del Sudafrica rivela il piano per lanciare il primo ETF di Bitcoin del paese

Earle Loxton, il cofondatore di EC10 (ex DCX Capital), l’istituzione dietro il fondo indicizzato cripto sudafricano, dice che i piani sono in corso per lanciare il primo exchange-traded fund (ETF) del paese. L’ETF dovrebbe offrire agli investitori istituzionali sudafricani un modo indiretto di esporsi al bitcoin.

La priorità di trovare un custode adatto per le sue attività cripto

Secondo Loxton, una domanda per questo ETF sarà presto presentata alla Borsa di Johannesburg (JSE). Tuttavia, Loxton rivela anche in un podcast che prima di procedere con l’applicazione, EC10 insieme a Easy Equities avrà inizialmente la priorità di trovare un custode adatto per le sue attività cripto. Loxton ha spiegato:

Per arrivare al livello in cui saremo conformi ai requisiti di uno strumento quotato, abbiamo sicuramente bisogno dei servizi di un custode dedicato, regolamentato e registrato.

Pertanto, come parte di un accordo, Easy Equities, che ha acquisito la quota di controllo di DCX Capital nel 2020, contribuirà a garantire i servizi di un custode. Questo depositario conserverà in modo sicuro alcuni dei dieci asset di criptovalute che costituiscono l’indice EC10.

Loxton ha anche preso il tempo per spiegare la decisione

Nel frattempo, durante il podcast, Loxton ha anche preso il tempo per spiegare la decisione di aumentare le commissioni di gestione dell’EC10 dall’1% al 2%. Nel giustificare l’aumento delle commissioni, il co-fondatore del fondo ha detto:

„All’1%, per essere assolutamente onesti con voi, non avremmo mai ottenuto un profitto all’1% crescendo a quel tasso“.

Loxton aggiunge anche che poiché il business, che ora ha 27 milioni di dollari di patrimonio in gestione, ha avuto un inizio lento, ha avuto senso aumentare la tassa. Il fondo indicizzato EC10.

SBI Rolls Out Bitcoin Lending Service, Planos para adicionar suporte para Ethereum e XRP

A empresa de crypto-assets SBI VC Trade anunciou o início de seu serviço de empréstimo em moeda criptográfica, previsto para começar hoje, 24 de novembro de 2020.

A empresa, popularmente chamada de gigante financeiro japonês, continua a fazer novos desenvolvimentos, ganhando, conseqüentemente, um enorme reconhecimento na indústria de criptografia.

O novo serviço adicionado aos serviços da empresa, denominado „VC TRADE LENDING“, permitirá aos clientes que emprestam seus ativos criptográficos à empresa receber taxas de uso sobre o empréstimo criptográfico concedido.

SBI VC Trade concluiu o anúncio revelando seus planos futuros para expandir os serviços, acrescentando moedas criptográficas como XRP, ETH, e similares. O serviço „VC TRADE LENDING“ só apóia crypto Genius no momento de escrever.

Enquanto isso, a taxa de uso oferecida a um cliente será determinada pela quantidade e pelo período em que o empréstimo persistir. Assim, servindo como um meio de lucro para os clientes enquanto a empresa detém seus ativos por um determinado período.

De acordo com o anúncio feito pela SBI VC Trade, foram fornecidos mais detalhes sobre o que o serviço VC TRADE LENDING implica.
Anúncio

O „VC TRADE LENDING“ é um serviço que permite aos clientes alugar seus ativos em moeda criptográfica e receber taxas de utilização de acordo com a quantidade e o período de ativos em moeda criptográfica“. A empresa explicou.
O EMPRÉSTIMO VCTRADE garante maior confiabilidade

Entre as qualidades prometidas no VC Trade Lending está a característica de maior confiabilidade. Uma vez que a incerteza da falência é um dos riscos que os emprestadores de moedas criptográficas tendem a prever, a empresa garante que os clientes podem usá-los com confiança como todos os destinos de empréstimo dos clientes para o „VCTRADE LENDING“ são empresas do Grupo SBI que se orgulham de alta confiabilidade.

Através do novo desenvolvimento, a empresa também prometeu oferecer ótimas oportunidades comerciais aos clientes.

„Forneceremos mais oportunidades comerciais através da formulação de produtos adequados que combinem com o mercado com base no know-how e nas realizações abundantes do SBI Group“. Eles disseram.

A empresa revelou ainda sua intenção de adicionar vários tipos de períodos de empréstimo aos serviços.